Publicado em: 13/03/2019

Afinal de contas, qual é a importância da Filosofia?


Vamos falar de Filosofia?

Muitos foram os que – em contato com tal disciplina, na escola – disseram, ligeiramente inconformados, “mas o que é que eu vou fazer com isso na minha vida?”.

Nós respondemos, hoje, para esses muitos e para você também, que está lendo esta conversa agora: taaaantaa coisa, viu!

Mais do que você imagina.

É que a Filosofia pode ser retratada como a busca constante do conhecimento, da verdade. É um olhar para dentro do íntimo de cada um de nós. Ela está sempre em busca de respostas.

Refletir, criticar, argumentar são verbos que traduzem um ato do homem que é filosófico: abordar o pouco conhecimento que detém frente ao mundo gigantesco, imperfeito e extraordinário em que vivemos.

Discutir, ponderar, analisar, meditar...filosofar. Todas estas ações nos incitam a despertar nosso espírito crítico para, dessa forma, adquirirmos uma visão clara diante dos fatos da vida e dos extremos da natureza humana (como a vida e morte).

Mudanças – não adianta lutar contra – fazem parte de processo contínuo da vida. A natureza muda constantemente. As pessoas também. O mundo idem.

Por isso temos de estar sempre prontos para as, digamos, reviravoltas pelas quais passaremos. Elas vêm. Não é necessário ter medo. É importante se abrir para as metamorfoses. Sempre é tempo de mudar o rumo da própria existência. Porque não é novela na TV. É a vida acontecendo...mesmo.

Enfim, é fundamental termos ciência de que – seres sociais que somos – todos somos grandes filósofos. Cada vez que praticamos uma ação, ao pensarmos sobre este ato, ao compreendermos o que o outro está no dizendo e sabermos manifestar o que queremos para o nosso próximo – tchãrãm! – estamos filosofando!

Entendeu agora?

Pensar, agir, viver...são atos de filosofia pura!

Você usou, usa e sempre vai usar. Muito!


[Fonte: Portal Administradores]